Previsão do Tempo Min: 11° Máx: 22°
Previsão Completa
Você está na edição de Quarta-Feira, 18 de Abril de 2012
Clique aqui e veja outras edições
Edição de - Política
ANTT

Temendo nova derrota, a presidente Dilma Rousseff retirou da pauta do Senado as mensagens que nomeavam Mário Rodrigues e Hederverton Andrade Santos para a direção da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Há 15 dias uma indicação pessoal da presidente para a agência – a recondução de Bernardo Figueiredo para a diretoria-geral – foi derrotada por 36 votos a 31.
Por causa da derrota, que tomou como uma retaliação à autoridade da presidente da República, Dilma trocou os líderes do governo no Senado e na Câmara. Desde então, a base do governo entrou em crise e não consegue votar mais nada. Descontente com a indicação do novo líder, o senador Eduardo Braga (AM), o PR do Senado abandonou a base aliada e passou para a oposição. Braga é adversário do presidente do PR, Alfredo Nascimento (AM).
Como a ANTT conta hoje com apenas dois diretores – precisa de três para tomar qualquer decisão deliberativa –, o governo publicou nessa quarta no Diário Oficial da União (DOU) decreto que concede ao ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, poderes para nomear três dirigentes interinos, até que o Senado aprove os definitivos. (AE)

Compartilhe esta notícia Deixe seu comentário Assine a newsletter Indique esta Notícia


Mais Notícias de Política
Jornal Gazeta do Sul
Rua Ramiro Barcelos, 1206 | Santa Cruz do Sul - RS
(51) 3715-7800 | portal@gaz.com.br
Desenvolvido e Mantido por
Equipe de TI Gazeta Grupo de Comunicações