Previsão do Tempo Min: 19° Máx: 30°
Previsão Completa
Você está na edição de Sábado, 31 de Março de 2012
Clique aqui e veja outras edições
Edição de - Fenachim
Rotina das soberanas começa na madrugada
Fonte: Sabrina Rodrigues/ Portal Gaz Clique para Ampliar

O relógio mal marca 5 horas da madrugada e a cabeleireira Jeane Lenhardt está com o chimarrão pronto para o primeiro compromisso das soberanas da principal festa no Estado em homenagem à bebida que simboliza a hospitalidade dos gaúchos. Eleitas soberanas da 12ª Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim) na noite de 1º de novembro do ano passado, a rainha Letícia Eduarda Wacholz, de 22 anos, e as princesas Juliana Böhm, 19 anos, e Litchele Jaeger, também de 19 anos, mudaram a sua rotina nas últimas semanas com uma missão: representar o segundo maior evento da região.
Os compromissos oficiais já se iniciaram na manhã seguinte à coroação, mas as atividades se intensificaram desde o dia 12 de abril, quando houve a entrega do convite ao governador Tarso Genro. Desde essa data, o trio de soberanas não passa um dia sem se ver para apresentar em todo o Rio Grande do Sul e até em outros estados as atrações da Fenachim, sempre acompanhado de um casal da comissão social.
O roteiro nas últimas semanas incluiu a participação na Festa da Uva, em Caxias do Sul, e visitas ao Senado Federal e à Câmara dos Deputados, em Brasília, além de diversas outras cidades. Nos últimos dias, o roteiro tem se concentrado nas regiões dos vales do Rio Pardo e Taquari. A tarefa de divulgar a festa este ano também teve uma novidade: a visitação às escolas como forma de envolver mais a comunidade local.
As viagens para divulgar as atrações do evento a partir de quinta-feira dão lugar a dez dias de atividades no Parque Nacional do Chimarrão, quando as soberanas farão a recepção aos visitantes da 12ª Fenachim. Logo próximo ao portão de entrada, o público poderá conhecer diferentes aspectos sobre a tradição, desde os métodos de industrialização da erva depois da colheita nos ervais, 36 formas diferentes de preparo na cuia e as propriedades da bebida. E para provar o chimarrão, basta trazer a cuia e a bomba, pois haverá distribuição de erva e água quente em diversos chimarródromos no interior do parque.

Compartilhe esta notícia Deixe seu comentário Assine a newsletter Indique esta Notícia


Mais Notícias de Regional
Notícias Relacionadas
| Fenachim

Venâncio Aires celebra a bebida símbolo do RS

Jornal Gazeta do Sul
Rua Ramiro Barcelos, 1206 | Santa Cruz do Sul - RS
(51) 3715-7800 | portal@gaz.com.br
Desenvolvido e Mantido por
Equipe de TI Gazeta Grupo de Comunicações